IEADESI realizou o último batismo do ano

December 23, 2017

 A Igreja Evangélica Assembleia de Deus em Santa Inês realizou no final de semana, especificamente, no domingo (17) o Grande Batismo em Águas. O batismo em águas foi o último da programação anual da igreja e contou com 100 batizados. Para participar do batismo o congregado precisa passar por aulas do discipulado. A secretaria de discipulado realiza aulas em todas as 80 congregações e pontos de pregações.

 

O Batismo

No dia do batismo foi realizado um último estudo que sempre acontece na congregação Lírio dos Vales, localiza- da na Rua Manaus, no bairro Vila Militar. Os 100 candidatos a batismo recebem as últimas instruções e advertências sobre o batismo e como tornar se  um membro efetivo da Igreja Assembleia de Deus. Após concluído o estudo, todos se deslocam para o local do batismo que fica localizado na Rua Juscelino Kubitschek, Vila Militar. No local são realizadas as orações e as preparações para que os futuros membros possam descer as águas. Também é realizada uma divisão, os primeiros a descer são as mulheres idosas ou que portem alguma dificuldade fisica. Logo após, todas as mulheres descem para o batismo em águas. Com o término de todas as mulheres começam então os homens a descerem as águas.

 

Porque Batizar em águas

 

O batismo, como ordenança tem os seguintes propósitos simbólicos:

1) Idenficação com Cristo. "para os crentes, simboliza a identificação com Cristo. No batismo, o recém-convertido testifica que estava em Cristo, quando Cristo foi condenado pelo pecado, que foi sepultado com Ele e que ressuscitou para a nova vida nEle".

2) Morte para a velha vida. “O batismo indica que o crente morreu para o velho modo de viver e entrou na ‘ novidade da vida’, mediante a redenção em Cristo”. O ato do batismo nas águas não leva a efeito essa identificação com Cristo, ' mas a pressupõe e a simboliza".

3) Identificação com a Igreja. "O batismo nas águas também significa que os crentes se identificaram com o corpo de Cristo, a Igreja. Os crentes batizados são admitidos na comunidade da fé e, com sua atitude, testificam publicamente diante do mundo sua lealdade a Cristo, juntamente com o povo de Deus".

Desse modo, o batismo não salva, mas confirma a fé. É sinal legítimo, exterior, da obediência, da vida de quem já é salvo (Ver Gl 3.27; 1 Co 12.13). É um ato de fé genuína, que precisa ser acompanhada de obras de salvo, indispensáveis ao bom testemunho cristão (Ver Rm 2.6; Tg 2.14; Mt 5.16; Ef 2.10).

 

Sobre o discipulado

 

O curso de discipulado é dividido em 2 etapas conhecidas como: Discipulado 1 e discipulado 2. Em cada etapa é apresentado diversas doutrinas bíblicas.

Vale ressaltar que discipular não é controlar, governar, dominar, manipular emocionalmente a vida do discípulo. A razão principal do discipulado é ajudar o discípulo a alcançar o sonho de Deus para a vida dele. À luz do novo testamento, DISCIPULAR É SERVIR. Segundo a bíblia o cristão deve fazer discípulos para Cristo e não para si. Discipulado envolve aconselhamento, amizade profunda, mentoriar espiritual e ministerialmente, ser um pai espiritual, porém é mais do tudo isso, discipulado é transferência de vida. O discipulador serve de canal para transferir a vida de Deus para o discípulo. Discípulo é o aluno que aprende as palavras, os atos e o estilo de vida de seu mestre com o intuito de ensinar outros. (Por Roberto Lopes)

 

 

Please reload

Destaques